Dicas e Cursos
  • Conheça a profissão: Zootecnista

    13/05/2020

    Zootecnia: saiba mais sobre essa carreira. Conheça a profissão de zootecnista, como está o mercado de trabalho e onde estudar para seguir essa carreira! A carreira em ZootecniaO profissional de Zootecnia trabalha para que os animais vivam em boas condições, cuidando do peso, da saúde e da alimentação. Também é função do zootecnista cuidar da reprodução e do melhoramento genético dos animais, além de atuar no aumento da produtividade de derivados de animais, como leite e ovos. Quem deseja seguir a carreira de Zootecnia deve, acima de tudo, gostar muito de animais. Afinal, o bem-estar deles está em primeiro lugar. Mesmo na hora do abate, o zootecnista procura a forma que minimize o sofrimento do animal, mas que também não prejudique a qualidade da carne. Apesar de semelhantes e de atuarem juntos no mercado de trabalho, a carreira de zootecnista não pode ser comparada com a de um médico veterinário. O segundo atua na saúde do animal, com intervenções clínicas e cirúrgicas, enquanto o zootecnista está mais focado em melhorar a produtividade e o rendimento do animal.   O curso de Zootecnia O primeiro curso de Zootecnia do Brasil foi fundado em 1966 pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. O curso de Zootecnia entre 4 e 5 anos e para concluir a graduação é obrigatório fazer um estágio supervisionado. Entre as disciplinas básicas presentes na grade do curso de Zootecnia estão: ZoologiaBiologiaAnatomiaCitologiaQuímicaGenéticaFísicaMatemática A partir do terceiro ano de curso são incluídas disciplinas mais específicas da Zootecnia, tais como: BioclimatologiaMelhoramento GenéticoParasitologiaFertilidade e Conservação do SoloProdução AnimalProdução VegetalAdministração e Desenvolvimento RuralApesar de várias disciplinas serem ministradas em sala de aula, em boa parte do curso as aulas são práticas.   Melhores Faculdades de Zootecnia Conheça algumas das principais faculdades de Zootecnia reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) : Universidade Federal de Viçosa (UFV) – PúblicaUniversidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – PúblicaInstituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IFSEMG) – PúblicaUniversidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – Pública   O Mercado de Trabalho em Zootecnia O mercado de trabalho para o Zootecnista é bastante forte na região Centro-Oeste, onde se concentra boa parte das fazendas do país, mas há oportunidades em todas as regiões do País. Se você deseja trabalhar nas regiões Sul e Sudeste, o campo é promissor em pesquisas em laboratórios, empresas que exportam produtos de origem animal, grandes frigoríficos ou ainda em zoológicos. Uma grande empregadora de profissionais formados em Zootecnia é a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que seleciona funcionários para trabalhar com pesquisas e projetos. Principais Funções do ZootecnistaRealizar a avaliação genética do rebanho.Verificar e melhorar as condições de higiene dos animais.Determinar as técnicas a serem usadas nos cruzamentos e no pasto.Padronizar e acompanhar as técnicas de abate e armazenamento dos produtos derivados dos animais.Fazer a seleção dos melhores animais para formar o rebanho matriz para reprodução.Pesquisar as necessidades nutricionais do rebanho e estudar o melhor regime para a criação.Manter as vacinas e medicamentos dos animais em dia. Fonte: https://www.guiadacarreira.com.br/guia-das-profissoes/zootecnia/

    Ver Profissões
  • O que uma recepcionista faz? Qual o salário de uma recepcionista?

    14/04/2020

    O que uma recepcionista faz? Os recepcionistas realizam tarefas administrativas, como atender telefones, receber visitantes, marcação de consultas, entregas de crachás e fornecer informações gerais sobre sua organização ao público e clientes. Podem atender em hospitais, feiras, consultórios médicos, escritórios e empresas em geral.

    Ver Artigo
  • Emprego de Recepcionista - O que faz uma recepcionista e quanto ganha

    13/04/2020

    Você deseja um emprego de recepcionista? Se disse sim, com toda certeza irá gostar muito deste post, pois vamos falar desta profissão que sempre esteve em alta e emprega milhares de pessoas em todo país. Onde trabalhar de Recepcionista?

    Ver Artigo
  • Álcool em gel: 6 fatos e boas práticas para se prevenir da Covid-19

    23/03/2020

    Com a pandemia de Covid-19 causada pelo novo coronavírus, a demanda por álcool em gel cresceu em níveis nunca antes vistos. A previsão da Companhia Nacional do Álcool (CNA), maior fabricante do produto no Brasil, é que o número de frascos produzidos em 2020  salte de 120 mil em fevereiro para 6 milhões em março. O aumento vertiginoso da demanda é resultado das campanhas de prevenção ao vírus que já atinge mais de 200 mil pessoas no mundo. De acordo com profissionais da saúde, além do distanciamento social, uma das medidas mais efetivas para evitar o contágio é a higienização correta das mãos, só que nem sempre podemos lavá-las com água e sabão. É aí que o álcool em gel se torna um potente aliado. Entretanto, apenas passar esse tipo de produto nas mãos não é o suficiente para combater organismos como o novo coronavírus. Entenda por quê:

    Ver Artigo
  • Qual é a diferença entre Líder e Chefe? Saiba aqui

    27/12/2019

    Você sabe realmente a diferença entre líder e chefe? Podem parecer até complementos, mas existem abismos entre os assuntos. Entenda que iremos usar o termo gerente e gerenciamento para chefia também.

    Ver Artigo
  • Quem cuida do cuidador de idosos

    23/09/2019

    Quem cuida do Cuidador de idosos? O portal Canal do Idoso nos dá algumas dicas sobre como cuidar do cuidador de idosos.  Passe algum tempo longe do seu ente querido. Sim, você tem o direito de fazer uma pausa.   Aprenda os sinais do seu ente querido. Ele ou ela nem sempre sabem quando um episódio está se aproximando, mas se você passou por um episódio ou hospitalização anterior, provavelmente sabe o que procurar.   Seja paciente, compreensivo e gentil com sua amada. Todo mundo precisa de nutrição extra quando não está no seu melhor.   Seja paciente, compreensivo e gentil consigo mesmo. Você não terá todas as respostas.   Você nem sempre sabe o que dizer ou fazer. Você pode ficar frustrado ou sobrecarregado. Não se machuque.   Quer mais dicas? Leia mais em Canal do Idoso  

    Ver Artigo
  • 10 discursos mais poderosos, por 10 mulheres inspiradoras

    01/08/2019

    Celebramos os discursos mais poderosos proferidos por grandes mulheres que nos inspiraram ao longo dos anos – e mudamos nosso mundo para melhor.

    Ver Artigo
  • Conheça a profissão: Engenheiro Eletricista

    24/11/2017

    O Engenheiro Eletricista é um profissional de grau superior que se dedica ao planejamento, construção e manutenção de sistemas para gerar, transmitir e distribuir energia elétrica.

    Ver Profissões
  • Conheça a profissão: Esteticista

    20/11/2017

    Esteticista é o profissional responsável pela realização de procedimentos corporais que visam à saúde e bem estar da clientela.  Ele pode fazer limpeza de pele, massagens, maquiagem, depilação, aplicação de cosméticos e tratamentos capilares, entre outros.

    Ver Profissões
  • Conheça a profissão: Biomédico

    20/11/2017

    O biomédico é o profissional que destrincha doenças, ao identificar e estudar micro-organismos. É ele quem prepara o terreno para o tratamento de enfermidades ao abastecer médicos com informações sobre bactérias e fungos que causam patologias.

    Ver Profissões

Conheça a profissão: Zootecnista

13/05/2020

Zootecnia: saiba mais sobre essa carreira.


Conheça a profissão de zootecnista, como está o mercado de trabalho e onde estudar para seguir essa carreira!

A carreira em Zootecnia
O profissional de Zootecnia trabalha para que os animais vivam em boas condições, cuidando do peso, da saúde e da alimentação. Também é função do zootecnista cuidar da reprodução e do melhoramento genético dos animais, além de atuar no aumento da produtividade de derivados de animais, como leite e ovos.

Quem deseja seguir a carreira de Zootecnia deve, acima de tudo, gostar muito de animais. Afinal, o bem-estar deles está em primeiro lugar. Mesmo na hora do abate, o zootecnista procura a forma que minimize o sofrimento do animal, mas que também não prejudique a qualidade da carne.

Apesar de semelhantes e de atuarem juntos no mercado de trabalho, a carreira de zootecnista não pode ser comparada com a de um médico veterinário. O segundo atua na saúde do animal, com intervenções clínicas e cirúrgicas, enquanto o zootecnista está mais focado em melhorar a produtividade e o rendimento do animal.

 

O curso de Zootecnia


O primeiro curso de Zootecnia do Brasil foi fundado em 1966 pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

O curso de Zootecnia entre 4 e 5 anos e para concluir a graduação é obrigatório fazer um estágio supervisionado.

Entre as disciplinas básicas presentes na grade do curso de Zootecnia estão:

Zoologia
Biologia
Anatomia
Citologia
Química
Genética
Física
Matemática

A partir do terceiro ano de curso são incluídas disciplinas mais específicas da Zootecnia, tais como:

Bioclimatologia
Melhoramento Genético
Parasitologia
Fertilidade e Conservação do Solo
Produção Animal
Produção Vegetal
Administração e Desenvolvimento Rural
Apesar de várias disciplinas serem ministradas em sala de aula, em boa parte do curso as aulas são práticas.

 

Melhores Faculdades de Zootecnia


Conheça algumas das principais faculdades de Zootecnia reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) :

Universidade Federal de Viçosa (UFV) – Pública
Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Pública
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IFSEMG) – Pública
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – Pública

 

O Mercado de Trabalho em Zootecnia


O mercado de trabalho para o Zootecnista é bastante forte na região Centro-Oeste, onde se concentra boa parte das fazendas do país, mas há oportunidades em todas as regiões do País.

Se você deseja trabalhar nas regiões Sul e Sudeste, o campo é promissor em pesquisas em laboratórios, empresas que exportam produtos de origem animal, grandes frigoríficos ou ainda em zoológicos.

Uma grande empregadora de profissionais formados em Zootecnia é a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que seleciona funcionários para trabalhar com pesquisas e projetos.

Principais Funções do Zootecnista
Realizar a avaliação genética do rebanho.
Verificar e melhorar as condições de higiene dos animais.
Determinar as técnicas a serem usadas nos cruzamentos e no pasto.
Padronizar e acompanhar as técnicas de abate e armazenamento dos produtos derivados dos animais.
Fazer a seleção dos melhores animais para formar o rebanho matriz para reprodução.
Pesquisar as necessidades nutricionais do rebanho e estudar o melhor regime para a criação.
Manter as vacinas e medicamentos dos animais em dia.

Fonte: https://www.guiadacarreira.com.br/guia-das-profissoes/zootecnia/

O que uma recepcionista faz? Qual o salário de uma recepcionista?

14/04/2020

O que uma recepcionista faz? Os recepcionistas realizam tarefas administrativas, como atender telefones, receber visitantes, marcação de consultas, entregas de crachás e fornecer informações gerais sobre sua organização ao público e clientes. Podem atender em hospitais, feiras, consultórios médicos, escritórios e empresas em geral.

O que uma recepcionista faz: Principais habilidades de recepcionista

  • Cumprimentar os clientes e visitantes com uma atitude positiva e útil.
  • Ajudar os clientes a encontrar o caminho pelo escritório, empresa, hospital, consultório etc.
  • Anunciando clientes, conforme necessário.
  • Ajudar a manter a segurança do local de trabalho emitindo, verificando e coletando crachás conforme necessário e mantendo os registros dos visitantes.
  • Auxiliar em uma variedade de tarefas administrativas, incluindo copiar, enviar fax, fazer anotações e fazer planos de viagem.
  • Preparando salas de reunião e treinamento.
  • Atender os telefones de maneira profissional e encaminhar as chamadas conforme necessário.
  • Auxiliar os colegas nas tarefas administrativas.
  • Desempenhando funções administrativas ad-hoc.
  • Atender, encaminhar e rastrear chamadas telefônicas.
  • Classificação e distribuição de correio.
  • Contratação, gerenciamento e desenvolvimento da equipe administrativa júnior.
  • Fornecer excelente serviço ao cliente.
  • Agendando compromissos.

É um diferencial enorme ter um curso de Recepcionista

Sim, é um grande diferencial ter um curso para conseguir um emprego de recepcionista.

 

O que uma recepcionista faz num curso?

Existem vários cursos de recepcionistas no mercado, onde se aprende sobre postura, sobre linguagem de português adequada (isso tem sido fundamental para o mercado), vestimenta adequada para o trabalho, entonação de voz e outras orientações fundamentais para o mercado de trabalho.

Existem cursos presenciais ou cursos EAD, sendo que em EAD tem toda a facilidade de ter um curso com certificado e que possa fazer dentro do seu horário disponível.

 

Além disso, os cursos EAD geralmente oferecem uma garantia de devolução quanto à qualidade do curso ou receberá seu dinheiro de volta.

Um exemplo de curso muito bom e com esta garantia, que é UMA RECEPCIONISTA DE SUCESSO

 

O curso indicado para quem deseja um emprego de recepcionista, tem:

  • Certificado válido
  • Você fará o seu horário
  • Um valor muito acessível de apenas R$ 69,00

Requisitos Recepcionista (Aprenda o que uma recepcionista faz):

  • Geralmente possui um curso de Recepcionista
  • Experiência anterior como recepcionista ou em áreas afins.
  • Maneira e maneira profissional e consistente.
  • Excelentes habilidades de comunicação escrita e verbal.
  • Competência em aplicativos da Microsoft, incluindo Word, Excel e Outlook.
  • Boas habilidades de gerenciamento de tempo.
  • Experiência com procedimentos administrativos e de escritório.
  • Capaz de contribuir positivamente como parte de uma equipe, ajudando com várias tarefas, conforme necessário.

Habilidades de recepcionista

Não permita que a inexperiência o retenha! Aprenda o que uma recepcionista faz. Embora seja verdade que alguns empregos sejam destinados a candidatos com o maior nível de experiência, todos precisam começar de algum lugar. Em seu currículo e carta de apresentação, certifique-se de delinear sua lista de atributos e tente destacar como você os usou até o seu benefício até o momento.

Os empregadores estão procurando recepcionistas com as seguintes habilidades:

  • Excelente comunicação e habilidades interpessoais .
  • Telefone e habilidades de escuta .
  • Precisão e atenção aos detalhes.
  • A capacidade de trabalhar bem sob pressão .
  • Uma natureza confiável , pois você pode manipular informações confidenciais.
  • Habilidades do Microsoft Office .
  • Extremamente bem organizado, com excelentes habilidades de gerenciamento de tempo .
  • A capacidade de realizar várias tarefas com eficiência.

Condições de trabalho

Recepcionistas:

  • geralmente trabalham em horário comercial, mas também podem trabalhar à noite ou nos fins de semana
  • trabalhar nas mesas da frente ou nas áreas de recepção de empresas e organizações.

Requisitos: o que uma recepcionista faz

Não há requisitos específicos para se tornar recepcionista, pois as habilidades geralmente são adquiridas no trabalho. No entanto, um CERTIFICADO DE RECEPCIONISTA TEM UM GRANDE DIFERENCIAL para que possa aprender o que uma recepcionista faz.

Educação secundária

Nenhum ensino médio específico é necessário para este trabalho e para conseguir uma vaga de recepcionista, mas devido a quantidade de tarefas e as mesmas se tornando cada vez mais complexas, o ensino médio tem sido cada vez mais solicitado.

Requisitos pessoais para vaga de recepcionista

Os recepcionistas precisam ser:

  • Calma, agradável e eficiente
  • bom em se comunicar e ouvir
  • bom em planejar, organizar e resolver problemas
  • capaz de multitarefa e trabalhar bem sob pressão
  • seja preciso e tenha atenção aos detalhes
  • capaz de manter as informações confidenciais
  • capaz de trabalhar de forma independente.

Quanto ganha uma recepcionista?

O salário de uma vaga de recepcionista varia um pouco no mercado, mas em média, tem sido muito regular, sem grandes variações.

Um Recepcionista em Geral ganha em média R$ 1.329,66 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais de acordo com pesquisa do Salario.com.br junto a dados oficiais do CAGED no período de 05/2019 até 12/2019 com um total de 297.302 salários.

faixa salarial do emprego de Recepcionista em Geral CBO 4221-05 fica entre R$ 1.213,57 (média do piso salarial 2020 de acordos, convenções coletivas e dissídios), R$ 1.253,00 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 2.322,21, levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT de todo o Brasil.

Fonte: Salário

10 regras para um ótimo atendimento ao cliente

Pense na última vez em que teve uma experiência de atendimento negativa. Uma recepcionista pode não ter dado à você um bom atendimento. Mas pense agora do outro lado, sendo você a atendente: o que uma recepcionista faz? 

Experiências negativas quase sempre estão ligadas ao atendimento ao cliente de má qualidade. Hoje em dia, é raro encontrar um ótimo atendimento ao cliente, apesar de eu descobrir que a maioria das empresas afirma ter colocado os clientes em primeiro lugar. Mas, mesmo com a crescente popularidade de atendimento humanizado, nem sempre é o que ocorre. De fato, um bom atendimento ao cliente pode ser um diferencial entre você e sua concorrência. Atender às 10 regras básicas a seguir contribuirá muito para tornar seu negócio um sucesso.

1. Comprometa-se com um serviço de qualidade. Todo mundo na empresa precisa se dedicar a criar uma experiência positiva para o cliente. Sempre tente ir além das expectativas do cliente. A Zappos faz um ótimo trabalho em manter o cliente feliz.

2. Conheça seus produtos e serviços da empresa que trabalho. A transmissão de conhecimento sobre produtos e serviços ajudará você a conquistar a confiança de um cliente. Conheça os produtos, serviços e políticas de devolução da sua empresa de dentro para fora. Tente antecipar os tipos de perguntas que os clientes farão. Verifique se seus funcionários estão totalmente treinados sobre seus produtos.

3. Conheça seus clientes. Tente aprender tudo o que puder sobre seus clientes para adaptar sua abordagem de serviço às necessidades e hábitos de compra deles. Solicitar feedback dos clientes. Converse com as pessoas e ouça suas reclamações para que você possa chegar à raiz da insatisfação do cliente.

4. Trate as pessoas com cortesia e respeito. Lembre-se de que todo contato com um cliente – seja por email, telefone, correspondência por escrito ou em uma reunião presencial – deixa uma impressão. Seja cortês e use frases como “desculpe por mantê-lo esperando”, “obrigado pelo seu pedido”, “de nada” e “foi um prazer ajudá-lo”.

5. Nunca discuta com um cliente. Você sabe que o cliente nem sempre está certo. Mas, em vez de focar no que deu errado em uma situação específica, concentre-se em como corrigi-lo. A maioria dos clientes fará negócios com você novamente se você resolver uma reclamação a seu favor.

6. Não deixe clientes pendurados. Lide com reparos, retornos de chamada e e-mails com um senso de urgência. Os clientes desejam uma solução imediata e, se você puder dar a eles, provavelmente ganhará seus negócios repetidos. Pesquisas mostram que muitos clientes insatisfeitos farão negócios com uma empresa novamente se a reclamação for resolvida no local.

7. Sempre forneça o que promete. Deixar de fazer isso e você perderá credibilidade – e clientes. Se você garantir uma cotação dentro de 24 horas, faça a cotação em um dia ou menos. Se você não cumprir sua promessa, peça desculpas ao cliente e ofereça algum tipo de compensação, como desconto ou entrega gratuita.

 Suponha que os clientes estejam dizendo a verdade. Mesmo que às vezes pareça que os clientes estão mentindo ou dando dificuldades, sempre dê a eles o benefício da dúvida. A maioria dos clientes não gosta de reclamar; na verdade, eles se esforçam para evitá-lo, e é isso o que uma recepcionista faz e evita.

9. Concentre-se em criar clientes, não em vendas. Os vendedores, especialmente aqueles que recebem comissão, às vezes se concentram no volume, e não na qualidade da venda. Lembre-se de que manter os negócios de um cliente é mais importante do que fechar uma venda. O que uma recepcionista faz nestas horas? Ela coloca seu foco no bom atendimento, na pessoa. Ela se coloca no lugar do outro.

10. Facilite a informação. A experiência de um cliente na recepção deve ser sempre satisfatória. Isso definirá como será o relacionamento do cliente com a empresa em todo este processo.

Você provavelmente sabe mais do que imagina sobre o atendimento ao cliente. A regra de ouro – faça aos outros como você gostaria que eles fizessem a você – certamente é aplicável quando se trata de tratar os clientes como reis. Ajuda a identificar os momentos em que você ficou frustrado com o atendimento ao cliente de outra empresa e tenta não cometer os mesmos erros.

Emprego de Recepcionista - O que faz uma recepcionista e quanto ganha

13/04/2020

Você deseja um emprego de recepcionista? Se disse sim, com toda certeza irá gostar muito deste post, pois vamos falar desta profissão que sempre esteve em alta e emprega milhares de pessoas em todo país.

Onde trabalhar de Recepcionista?

Recepcionista Hospitalar: em um emprego de recepcionista como recepcionista hospitalar, você irá atender os pacientes que chegam ao hospital, dar os encaminhamentos dentro de procedimentos já estabelecidos pelo hospital, verificar sobre o plano de saúde que irá ser acionado ou se pelo SUS e demais atividades.

A(o) Recepcionista Hospitalar também irá receber as pessoas que irão visitar os pacientes, entregar crachás, controlar pelo sistema as entradas e saídas, assim como responder algumas questões de funcionamentos do hospital, consultas, marcações e demais atividades.

 

Recepcionista em Bancos: a recepcionista de bancos, geralmente cuida de atendimentos quanto ao funcionamento de máquinas, caso seja na sede, atendimento formal sobre diversos procedimentos do banco.

Recepcionista em Aeroportos: em aeroportos, uma recepcionista geralmente trabalha no balcão de informações, como a localização das empresas aéreas, locais de check-in e demais informações que os milhares de passageiros solicitam.

Recepcionista em Feiras: em feiras é muito comum termos os balcões de crachás e também de informações, onde teremos funções semelhantes sobre localizações e horárias das feiras, além das palestras que serão ministradas.

 

Recepcionista de Consultório: trabalhar de recepcionista em consultório é muito semelhante da recepcionista hospitalar, com uma pequena diferença que o foco será mais em consultas, marcações e agendamentos com os pacientes.

No geral, o emprego de recepcionista é muito comum e tem vagas em diversas áreas de atuação e, para cada uma delas, é preciso entender um pouco seu funcionamento, o que deve ocorrer com treinamento interno na empresa, isso é o mais comum realmente de acontecer.

 

 

Quanto ganha uma recepcionista?

O salário de uma recepcionista varia um pouco no mercado, mas em média, tem sido muito regular, sem grandes variações.

Um Recepcionista em Geral ganha em média R$ 1.329,66 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais de acordo com pesquisa do Salario.com.br junto a dados oficiais do CAGED no período de 05/2019 até 12/2019 com um total de 297.302 salários.

faixa salarial do emprego de Recepcionista em Geral CBO 4221-05 fica entre R$ 1.213,57 (média do piso salarial 2020 de acordos, convenções coletivas e dissídios), R$ 1.253,00 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 2.322,21, levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT de todo o Brasil.

Fonte: Salário

Existe curso de recepcionista?

Sim, é um grande diferencial ter um curso para conseguir um emprego de recepcionista.

Existem vários cursos de recepcionistas no mercado, onde se aprende sobre postura, sobre linguagem de português adequada (isso tem sido fundamental para o mercado), vestimenta adequada para o trabalho, entonação de voz e outras orientações fundamentais para o mercado de trabalho.

Existem cursos presenciais ou cursos EAD, sendo que em EAD tem toda a facilidade de ter um curso com certificado e que possa fazer dentro do seu horário disponível.

Além disso, os cursos EAD geralmente oferecem uma garantia de devolução quanto à qualidade do curso ou receberá seu dinheiro de volta.

Um exemplo de curso muito bom e com esta garantia, que é UMA RECEPCIONISTA DE SUCESSO

O curso indicado para quem deseja um emprego de recepcionista, tem:

  • Certificado válido
  • Você fará o seu horário
  • Um valor muito acessível de apenas R$ 69,00

 

 

Deveres e Responsabilidades no Emprego de Recepcionista

No emprego de Recepcionista, é importante saber que realizam diversas tarefas administrativas e de escritório:

  • Atender chamadas telefônicas: isso pode envolver receber mensagens ou direcionar chamadas para o pessoal apropriado e até responder diretamente a perguntas gerais de clientes, clientes e outras pessoas.
  • Agendar clientes e clientes: a maioria das recepcionistas é responsável por agendar clientes e clientes para se encontrarem com pessoal, ou agendará pessoal para tarefas externas, como participações em tribunais e reuniões.
  • Receber visitantes: Um recepcionista pode ser capaz de lidar com as necessidades de um cliente, mas geralmente o direciona para o pessoal ou local apropriado.
  • Coletar informações: ao entrar num emprego de recepcionista, isso é mais comum do que se imagina, especialmente para quem trabalha em instalações médicas. Eles podem ser responsáveis ​​por coletar informações pessoais de novos pacientes e confirmar a cobertura do seguro.
  • Responder a e-mails recebidos: isso inclui e-mail e correio em papel, normalmente direcionando cada um para o pessoal adequado.

 

Habilidades e competências no emprego de recepcionista

As habilidades necessárias para um emprego de recepcionista podem variar de acordo com o setor, mas algumas são comuns à maioria das empresas.

  • Profissionalismo: você é a primeira pessoa que um cliente ou outro visitante vê ao chegar. Você é a primeira impressão do seu empregador. Você deve incorporar os ideais da sua empresa, tanto no seu comportamento quanto na sua aparência.
  • Habilidades de comunicação : Seu trabalho principal é cumprimentar as pessoas. Descubra o que eles precisam e ajude-os a conseguir. A maior parte dessa comunicação será verbal, pessoalmente ou por telefone.
  • Habilidades interpessoais: ao conseguir um emprego de recepcionista, você trabalhará em estreita colaboração com várias pessoas. Se uma reunião importante ocorrer, talvez você precise explicar o porquê. Se alguém está tendo um dia ruim, você pode suportar o peso e responder adequadamente pode ser crítico.
  • Nervos de aço: se uma emergência se desenvolver dentro ou na frente do seu local de negócios, você pode ser a primeira pessoa a responder e decidir o que fazer.
  • Habilidades tecnológicas: você usará um sistema telefônico complexo, provavelmente um com várias linhas internas e externas que você deve manter operando sem problemas. Talvez você também esteja familiarizado com planilhas, software de processamento de texto, sistemas de e-mail e compartilhamento de arquivos da sua empresa e, possivelmente, várias plataformas de mídia social .
  • Organização: você será o nexo de uma grande parte da comunicação interna de seu empregador, para que você não apenas tenha que se manter organizado, mas também que todos os outros estejam organizados. Você também pode ser responsável por estocar e endireitar materiais de leitura ou recursos informativos na sua área de espera.
  • Capacidade de multitarefa: uma ligação inevitavelmente será recebida enquanto você estiver na linha com outra pessoa. Você terá que cumprimentar o novo chamador e depois voltar. Enquanto isso, três pessoas podem estar esperando pessoalmente para conversar com você. Você terá que manter as necessidades de cada pessoa separadas em sua mente, não negligenciar ninguém e não ficar sobrecarregado ou frustrado.

Fontes: SalarioBC

Álcool em gel: 6 fatos e boas práticas para se prevenir da Covid-19

23/03/2020

Com a pandemia de Covid-19 causada pelo novo coronavírus, a demanda por álcool em gel cresceu em níveis nunca antes vistos. A previsão da Companhia Nacional do Álcool (CNA), maior fabricante do produto no Brasil, é que o número de frascos produzidos em 2020  salte de 120 mil em fevereiro para 6 milhões em março.

O aumento vertiginoso da demanda é resultado das campanhas de prevenção ao vírus que já atinge mais de 200 mil pessoas no mundo. De acordo com profissionais da saúde, além do distanciamento social, uma das medidas mais efetivas para evitar o contágio é a higienização correta das mãos, só que nem sempre podemos lavá-las com água e sabão. É aí que o álcool em gel se torna um potente aliado.

Entretanto, apenas passar esse tipo de produto nas mãos não é o suficiente para combater organismos como o novo coronavírus. Entenda por quê:

1. Nem todos os tipos de álcool funcionam
A quantidade de álcool no produto importa muito: não pode sobrar ou faltar a substância etílica em sua composição. Estudos mostram que o álcool em gel deve ter no mínimo 60% de concentração alcoólica para matar vírus e bactérias.

Uma quantidade muito elevada da substância, entretanto, tampouco é efetiva. Segundo os especialistas, usar o álcool 94% utilizado na limpeza, por exemplo, não funciona, pois sua evaporação é muito rápida. Com isso, não dá tempo do produto matar todos os microrganismos presentes na pele.

 

“Usar álcool a 100% também secaria a pele muito rapidamente e a irritaria. Isso pode fazer com que você não desinfete suas mãos com a frequência necessária. Esse é o motivo por que a maioria dos desinfetantes para as mãos contém emolientes, que são misturas que ajudam a amaciar e hidratar a pele”, escreveu Jeffrey Gardner, professor da Universidade de Maryland, nos EUA, no site The Conversation.

Em um texto, também publicado no The Conversation, os professores Shobana Dissanayeke e James McEvoy, da Universidade de Londres, indicam produtos cuja concentração alcoólica esteja entre 60% e 80%.

2. Fazer álcool em gel em casa não é uma boa ideia
Com o aumento da demanda por álcool em gel, muita gente não tem encontrado o produto em farmácias e mercados. Para solucuidar o problema, pessoas estão divulgando receitas caseiras do produto — uma péssima ideia, segundo especialistas.

“Você pode ver as fórmulas caseiras online, incluindo algumas que usam vodka. No entanto, a vodka (..) é apenas 40% de álcool. Isso não é alto o suficiente para matar efetivamente micróbios”, pontuou Gardner. Ou seja, o produto que você fará em casa pode não funcionar.

Além disso, o uso excessivo de álcool em gel pode ressecar as mãos, retirando a proteção natural da pele, que também é essencial pra a prevenção de doenças. “O uso de desinfetante para as mãos frequentemente mata todos os microrganismos, incluindo os inofensivos que ajudam o sistema imunológico", explica a médica Jeanne Gricoski, da Clínica Geisinger Orwigsburg.

3. Aplique corretamente
Para que o álcool em gel funcione não basta apenas aplicá-lo nas mãos. Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), você precisa cobrir todas as superfícies das duas mãos inteiramente com o desinfetante e esfregá-las até secar totalmente.

O CDC também alerta para o fato de que utilizar álcool em gel em mãos oleosas ou sujas (com comida ou tinta, por exemplo) diminui a eficácia do produto. Além disso, um estudo publicado no American Society for Microbiology’s em 2019 provou que é preciso estar com as mãos secas para que o desinfetante seja eficaz.

4. Atenção ao vencimento
Assim como grande parte dos produtos de higiene que utilizamos no dia a dia, o álcool em gel expira após alguns meses de sua fabricação e perde eficácia. Por isso, vale a pena conferir se aquele frasquinho que você guarda na bolsa há meses ainda está dentro da validade.  eficácia 

5. Cuidado com desinfetantes sem álcool
Além do álcool em gel, existem outros tipos de desinfetantes no mercado que prometem exterminar microrganismos. Por mais que sejam efetivos, os produtos sem álcool geralmente contêm compostos de amônia trigonal (cloreto de benzalcônio é o mais comum), que podem reduzir os micróbios, mas são menos eficazes que o álcool, explica Manal Mohammed, da Universidade de Westminster, na Inglaterra, no The Conversation.

Um estudo publicado no NIH verificou que o cloreto de benzalcônio, é menos eficaz que etanol, peróxido de hidrogênio ou hipoclorito de sódio no combate ao coronavírus. “Os desinfetantes para as mãos à base de álcool não são eficazes apenas para matar bactérias como MRSA e E. coli, mas também são funcionam contra muitos vírus, incluindo influenza A, rinovírus, vírus da hepatite A, HIV e coronavírus da síndrome respiratória (MERS-CoV)”, escreveu Mohammed.

 

Qual é a diferença entre Líder e Chefe? Saiba aqui

27/12/2019

Você sabe realmente a diferença entre líder e chefe? Podem parecer até complementos, mas existem abismos entre os assuntos.

Entenda que iremos usar o termo gerente e gerenciamento para chefia também.

Nos negócios , a diferença entre líder e chefe é realmente grande. O que é liderança? A Liderança está ligada ao desempenho e qualquer definição de liderança deve levar isso em conta. Embora não se trate apenas de lucro , aqueles que são vistos como líderes eficazes são aqueles que aumentam os resultados da empresa. Se um indivíduo em uma posição de liderança não atender às expectativas de lucro estabelecidas pelos conselhos, pela alta administração ou pelos acionistas, ela poderá ser demitida.

 

{youtube}08XaVS6stlE{/youtube}

 

Os termos “liderança” e “gerenciamento” (chefia) tendem a ser usados ​​de forma intercambiável. Gerenciamento refere-se à estrutura de gerenciamento de uma empresa como sua liderança ou a indivíduos que são realmente gerentes como os “líderes” de várias equipes de gerenciamento.

A liderança requer traços que vão além dos deveres de gerenciamento. Para ser eficaz, um líder certamente precisa gerenciar os recursos à sua disposição. Mas a liderança também envolve comunicação, inspiração e supervisão – apenas para citar mais três das principais habilidades que um líder precisa ter para ter sucesso.

Líderes: Nascidos ou Feitos?

Embora existam pessoas que parecem naturalmente dotadas de mais habilidades de liderança do que outras, as  pessoas podem aprender a se tornar líderes melhorando habilidades específicas. A diferença entre líder e chefe pode também estar na formação profissional e orientação de cada um

A história está cheia de pessoas que, apesar de não terem experiência anterior em liderança, se destacaram em situações de crise e convenceram outras pessoas a seguir o curso de ação sugerido. Eles possuíam traços e qualidades que os ajudaram a assumir papéis de liderança.

Escrevendo na revista Forbes, Erika Andersen, autora de “Leading So People Will Follow”, diz, como a maioria das coisas – a capacidade de liderança cai ao longo de uma curva de sino. Portanto, o fato é que a maioria das pessoas que começa com um mínimo de capacidade de liderança inata pode realmente se tornar muito boa, até grandes líderes.

 

Muitos se perguntam sobre as diferenças entre liderança e gerenciamento. Eles são mutuamente exclusivos? Os profissionais têm ambas as qualidades – ou aprendem uma ou outra por um longo período de tempo? Essas perguntas são apenas a ponta do iceberg. Neste artigo, examinaremos os dois.

Qual a diferença entre líder e chefe?O que é liderança? O que é gerenciamento?

As palavras “líder” e “chefe” (diferença entre líder e chefe) estão entre as palavras mais usadas nos negócios e são frequentemente usadas de forma intercambiável. Mas você já se perguntou o que os termos realmente significam? 

 

O que os gerentes/chefes fazem?

Um gerente/chefe é o membro de uma organização com a responsabilidade de executar as quatro funções importantes da administração: planejar, organizar, liderar e controlar. Mas todos os gerentes são líderes?

A maioria dos gerentes também tende a ser líder, mas somente se eles também desempenharem adequadamente as responsabilidades de liderança da gerência, que incluem comunicação, motivação, inspiração e orientação, além de incentivar os funcionários a alcançar um nível mais alto de produtividade.

 

Neste ponto encontramos a diferença entre líder e chefe!

Infelizmente, nem todos os chefe/gerentes são líderes. Por isso a importância falarmos a diferença entre líder e chefe.

Alguns gerentes têm más qualidades de liderança e os funcionários seguem ordens de seus gerentes porque são obrigados a fazê-lo – não necessariamente porque são influenciados ou inspirados pelo líder.

Os deveres gerenciais são geralmente uma parte formal de uma descrição do trabalho; os subordinados seguem como resultado do título ou designação profissional. O foco principal de um gerente é atender às metas e objetivos organizacionais; eles normalmente não levam muito mais em consideração. Os gerentes são responsabilizados por suas ações, bem como pelas ações de seus subordinados. Com o título, vem a autoridade e o privilégio de promover, contratar, demitir, disciplinar ou recompensar funcionários com base em seu desempenho e comportamento.

 

Diferença entre líder e chefe: O que os líderes fazem?

A principal diferença entre líder e chefe é que os líderes não necessariamente ocupam ou ocupam uma posição de gerência. Simplificando, um líder não precisa ser uma figura de autoridade na organização; um líder pode ser qualquer um.

Ao contrário dos gerentes, os líderes são seguidos por causa de sua personalidade, comportamento e crenças. Um líder investe pessoalmente em tarefas e projetos e demonstra um alto nível de paixão pelo trabalho. Os líderes têm muito interesse no sucesso de seus seguidores, permitindo-lhes alcançar seus objetivos com satisfação – esses não são necessariamente objetivos organizacionais.

Nem sempre existe um poder formal ou tangível que um líder possui sobre seus seguidores. O poder temporário é concedido a um líder e pode ser condicional com base na capacidade do líder de inspirar e motivar continuamente seus seguidores. 

Os subordinados de um gerente devem obedecer às ordens, enquanto o acompanhamento é opcional quando se trata de liderança. Liderança trabalha com inspiração e confiança entre os funcionários; aqueles que desejam seguir seu líder podem parar a qualquer momento. Geralmente, líderes são pessoas que desafiam o status quo. A liderança é experiente em mudanças, visionária, ágil, criativa e adaptativa.

 

Quais são as características que um gerente/chefe possui?

Abaixo estão quatro características importantes de um gerente/chefe (mostra a diferença entre líder e chefe):

  1. A capacidade de executar uma visão:Os gerentes constroem uma visão estratégica e a dividem em um roteiro para a equipe seguir.
  2. A capacidade de dirigir:Os gerentes são responsáveis ​​pelos esforços do dia-a-dia enquanto analisam os recursos necessários e antecipam as necessidades para fazer alterações ao longo do caminho.
  3. Gerenciamento de processos:Os gerentes têm autoridade para estabelecer regras de trabalho, processos, padrões e procedimentos operacionais.
  4. Pessoas focadas:Sabe-se que os gerentes cuidam e atendem às necessidades das pessoas pelas quais são responsáveis: ouvindo-os, envolvendo-os em determinadas decisões-chave e atendendo a solicitações razoáveis ​​de mudança para contribuir para o aumento da produtividade.

Quais são as características que um líder possui?

Abaixo estão cinco características importantes de um líder (mostra a diferença entre líder e chefe):

  1. Visão:Um líder sabe onde eles estão, para onde querem ir e tendem a envolver a equipe no mapeamento de um caminho e direção futuros.
  2. Honestidade e integridade:Os líderes têm pessoas que acreditam neles e caminham ao seu lado no caminho que o líder define.
  3. Inspiração:Os líderes geralmente são inspiradores – e ajudam sua equipe a entender seus próprios papéis em um contexto maior.
  4. Habilidades de comunicação:Os líderes sempre mantêm sua equipe informada sobre o que está acontecendo, presente e futuro – junto com quaisquer obstáculos que se interponham no caminho.
  5. Capacidade de Desafiar:Líderes são aqueles que desafiam o status quo. Eles têm seu estilo de fazer as coisas e resolver problemas e geralmente são os que pensam fora da caixa.

Diferença entre líder e chefe: 3 pontos fundamentais

É fundamental irmos conhecendo e aprendendo mais sobre a diferença entre líder e chefe!

Ser gerente e líder ao mesmo tempo é um conceito viável. Mas lembre-se, apenas porque alguém é um líder fenomenal, não garante necessariamente que a pessoa também será um gerente excepcional e vice-versa. Então, quais são as diferenças de destaque entre os dois papéis?

 
  1. Um líder inventa ou inova enquanto um gerente organiza:O líder do grupo e equipe apresenta as novas idéias e inicia a mudança ou transição da organização para uma fase de visão de futuro. Um líder sempre tem os olhos postos no horizonte, desenvolvendo novas técnicas e estratégias para a organização. Um líder possui imenso conhecimento de todas as tendências, avanços e conjuntos de habilidades atuais – e possui clareza de propósito e visão. Por outro lado, um gerente é alguém que geralmente mantém apenas o que já está estabelecido. Um gerente precisa observar a linha de fundo enquanto controla os funcionários e o fluxo de trabalho na organização e evita qualquer caos.

    Em seu livro, o Guia Essencial de Gerenciamento do Wall Street Journal: lições duradouras das melhores mentes de liderança de nosso tempo, Alan Murray cita que um gerente é alguém que “estabelece metas e critérios adequados e analisa, avalia e interpreta o desempenho”. Os gerentes entendem as pessoas com quem trabalham e sabem qual é a pessoa mais adequada para uma tarefa específica.
  2. Um gerente depende do controle, enquanto um líder inspira confiança:Um líder é uma pessoa que incentiva os funcionários a fazer o melhor possível e sabe como definir um ritmo e ritmo adequados para o resto do grupo. Os gerentes, por outro lado, são obrigados pela descrição de seu cargo a estabelecer controle sobre os funcionários, que, por sua vez, os ajudam a desenvolver seus ativos para obter o melhor de si. Assim, os gerentes precisam entender bem seus subordinados para realizar seu trabalho com eficiência.

  3. Um líder faz as perguntas “o quê” e “por que”, enquanto um gerente se inclina mais para as perguntas “como” e “quando”:Para poder fazer justiça ao seu papel de líder, alguns podem questionar e desafiar a autoridade a modificar ou até reverter decisões que talvez não tenham em mente os melhores interesses da equipe. Uma boa liderança requer muito bom senso, especialmente quando se trata da capacidade de enfrentar a alta gerência por um ponto de preocupação ou se há um aspecto que precisa ser aprimorado. Se uma empresa passar por uma fase difícil, será o líder que se levantará e fará a pergunta: “O que aprendemos disso?” Os gerentes, no entanto, não precisam avaliar e analisar falhas. A descrição de seu trabalho enfatiza as perguntas “como” e “quando”, o que geralmente os ajuda a garantir que os planos sejam executados adequadamente. Eles tendem a aceitar o status quo exatamente do jeito que é e não tentam mudar.

Diferenças entre Líder e Chefe

A liderança difere da gerência/chefia no sentido de:

  1. Enquanto os gerentes estabelecem a estrutura e delegam autoridade e responsabilidade, os líderes fornecem orientação, desenvolvendo a visão organizacional e comunicando-a aos funcionários e inspirando-os a alcançá-la.
  2. Enquanto a gerência inclui foco no planejamento, organização, pessoal, direção e controle; liderança é principalmente uma parte da função de direção da gerência. Os líderes se concentram em ouvir, construir relacionamentos, trabalho em equipe, inspirar, motivar e persuadir os seguidores.
  3. Enquanto um líder obtém sua autoridade de seus seguidores, um gerente obtém sua autoridade em virtude de sua posição na organização.
  4. Enquanto os gerentes seguem as políticas e procedimentos da organização, os líderes seguem seus próprios instintos.
  5. O gerenciamento é mais científico, pois os gerentes são exatos, planejados, padrão, lógicos e mais conscientes. Liderança, por outro lado, é uma arte. Em uma organização, se os gerentes são obrigatórios, os líderes são uma obrigação / essencial.
  6. Enquanto a gerência lida com a dimensão técnica em uma organização ou com o conteúdo do trabalho; liderança lida com o aspecto das pessoas em uma organização.
  7. Enquanto a gerência mede / avalia as pessoas pelo nome, registros passados, desempenho atual; a liderança vê e avalia indivíduos como tendo potencial para coisas que não podem ser medidas, ou seja, lida com o futuro e o desempenho das pessoas se seu potencial for totalmente extraído.
  8. Se o gerenciamento é reativo, a liderança é proativa.
  9. A gestão se baseia mais na comunicação escrita, enquanto a liderança se baseia mais na comunicação verbal.

As organizações que são super-gerenciadas e sub-lideradas não alcançam o nível de referência. A liderança acompanhada pela gerência define uma nova direção e faz uso eficiente dos recursos para alcançá-la . Tanto a liderança quanto a gerência são essenciais para o sucesso individual e organizacional.

Fonte: Líder e Gestão

Quem cuida do cuidador de idosos

23/09/2019

Quem cuida do Cuidador de idosos?

O portal Canal do Idoso nos dá algumas dicas sobre como cuidar do cuidador de idosos. 

Passe algum tempo longe do seu ente querido. Sim, você tem o direito de fazer uma pausa.

 

Aprenda os sinais do seu ente querido. Ele ou ela nem sempre sabem quando um episódio está se aproximando, mas se você passou por um episódio ou hospitalização anterior, provavelmente sabe o que procurar.

 

Seja paciente, compreensivo e gentil com sua amada. Todo mundo precisa de nutrição extra quando não está no seu melhor.

 

Seja paciente, compreensivo e gentil consigo mesmo. Você não terá todas as respostas.

 

Você nem sempre sabe o que dizer ou fazer. Você pode ficar frustrado ou sobrecarregado. Não se machuque.

 

Quer mais dicas?

Leia mais em Canal do Idoso

 

 

 

10 discursos mais poderosos, por 10 mulheres inspiradoras

01/08/2019

Celebramos os discursos mais poderosos proferidos por grandes mulheres que nos inspiraram ao longo dos anos – e mudamos nosso mundo para melhor.

 

Palavras de Kat Lister

É fácil para as mulheres se perderem em um mar de retórica histórica. As palavras de Hillary Clinton, Aung San Suu Kyi e Emmeline Pankhurst regularmente perdem nos discursos mais poderosos de todos os tempos pesquisas sobre o peso da história. Em outras palavras: para os homens, política e poder; Winston Churchill, John F. Kennedy e Steve Jobs …

Nadando contra a corrente, as mulheres tiveram que falar mais alto para que suas vozes fossem ouvidas. Nas palavras de Virginia Woolf, eles tiveram que criar uma sala própria. Nossa lista hoje visa abrir as portas e olhar para dentro. Estamos aqui para celebrar as mulheres que encontraram um quarto e incentivaram os outros a fazer o mesmo. Isso não significa que nosso trabalho seja feito.

Em um cenário social e político em que as mulheres ainda estão sub-representadas, o recente discurso da ONU de Emma Watson, “He For She”, mostrou o quanto é importante para as mulheres continuarem falando e falando, quatro séculos depois de Elizabeth I ter reunido as tropas no campo de batalha de Tilbury como Athena renasceu.

É por isso que estamos dando a essas 10 incríveis mulheres top em nossos 10 discursos mais poderosos de todos os tempos. Mulheres que nos inspiraram ao longo das décadas e mudaram o nosso mundo para melhor…

1. Virginia Woolf, ‘Um quarto do seu próprio’ (1928)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/Virginia-landscape-1.jpg

discursos inspiradores de mulheres

Virgínia Woolf

‘Minha crença é que, se vivermos mais um século – estou falando da vida comum que é a vida real e não das pequenas vidas separadas que vivemos como indivíduos – e ter quinhentos por ano cada um de nós e salas de nosso próprio; se temos o hábito da liberdade e a coragem de escrever exatamente o que pensamos … ‘
Baseado em uma série de palestras que Woolf fez no Newnham College e no Girton College, na Universidade de Cambridge, em outubro de 1928, “A Room Of One Own” foi desde então anunciado como um manifesto feminista. Suas palavras continuam a inspirar as mulheres em 2015 quase um século depois de as ter pronunciado pela primeira vez. O discurso atinge o coração do patriarcado e argumenta que, sem independência financeira e acesso à educação, a liberdade ideológica, social e criativa está fora de alcance. Virginia conhecia bem essa verdade: o próprio pai acreditava que apenas os garotos lucravam com a escolaridade. Como resultado, ela não foi. Sua força de espírito desafiava até mesmo seu próprio pai: ‘Tranque suas bibliotecas se quiser’, ela disse, ‘mas não há portão, nem fechadura, nem ferrolho que você possa colocar na liberdade da minha mente’.

2. Emmeline Pankhurst, “Liberdade ou Morte” (1913)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/Emmeline-Pankhurst-1.jpg

discursos inspiradores de mulheres

Emmeline Pankhurst

Não usamos marca; nós pertencemos a todas as classes; permeamos todas as classes da comunidade, do mais alto ao mais baixo; e assim você vê na guerra civil da mulher que os homens queridos do meu país estão descobrindo que é absolutamente impossível lidar com isso: você não pode localizá-lo e não pode impedi-lo.
Em novembro de 1913, apenas cinco meses depois que Suffragette Emily Davison entrou na frente do cavalo do rei George V no Epsom Derby e sofreu ferimentos fatais, Emmeline Pankhurst falou para as multidões em Connecticut. Ela estava longe de casa, mas sua luta era universal e seu objetivo era claro: reunir apoio do outro lado do Atlântico. ‘Então aqui estou eu’, ela declarou. ‘Eu venho nos intervalos da aparência da prisão. Eu venho depois de ter sido quatro vezes preso sob o “Cat and Mouse Act”, provavelmente voltando a ser preso assim que pus o pé em solo britânico. Eu venho pedir-lhe para ajudar a vencer esta luta. Este foi sem dúvida um dos discursos mais poderosos da história.

3. Elizabeth I, ‘discurso às tropas em Tilbury’ (1588)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/Elizabeth-Tilbury-1.jpg

discursos inspiradores de mulheres

Elizabeth I

‘Eu sei que tenho o corpo de uma mulher fraca e fraca; mas também tenho o coração e o estômago de um rei e de um rei da Inglaterra, e acho que desprezo que Parma, ou a Espanha, ou qualquer príncipe da Europa, ousem invadir as fronteiras do meu reino; ao qual, em vez de desonrar alguma pessoa, eu mesmo pegarei em armas, eu mesmo serei seu general, juiz e recompensador de cada uma de suas virtudes no campo.Historicamente falando, os discursos na frente de batalha são predominantemente de homem. Não é assim aqui. Em 19 de agosto de 1588, a rainha da Inglaterra – vestida de capacete emplumado, vestido de veludo branco e segurando um bastão de prata – fez o discurso de sua vida, elevando-se destemidamente em cima de um cavalo branco. Pronta para lutar, Atena, deusa da guerra, renasceu sob um rufo. Monarca, líder político, general militar, semideusa: O poder das palavras de Elizabeth enquanto ela reunia suas tropas faz dela todas essas encarnações e muito mais – muito mais. Não vamos esquecer que esta era a Inglaterra do século XV e ela era uma mulher.

4. Hillary Clinton, “Os direitosdas mulheres são direitos humanos” (1995)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/rexfeatures-446751d-1.jpg

hillary clinton

Hillary Clinton

‘Se há uma mensagem que ecoa desta conferência, que os direitos humanos são direitos das mulheres e os direitos das mulheres são direitos humanos de uma vez por todas. Não esqueçamos que entre esses direitos está o direito de falar livremente – e o direito de ser ouvido.

Cinco palavras que diziam tudo, tornando este um dos discursos mais poderosos de todos os tempos: ‘Os direitos das mulheres são direitos humanos’. Em 1995, o discurso de Hillary Clinton na Quarta Conferência Mundial das Nações Unidas sobre as Mulheres em Pequim marcou um momento decisivo para os direitos das mulheres. O que torna este discurso tão inspirador não é apenas as palavras que ela falou, mas onde as falou. Desafiando tanto a administração dos EUA quanto a pressão chinesa para diluir seus comentários, ela foi para a jugular. Foi um ataque total contra as políticas que abusavam de mulheres “desconhecidas” em todo o mundo – não apenas a China. Seu manifesto era claro: “Enquanto a discriminação e as injustiças permanecerem tão comuns em todo o mundo – desde que as meninas e mulheres sejam menos valorizadas, alimentadas menos, alimentadas por último, sobrecarregadas, mal pagas, não instruídas e sujeitas à violência dentro e fora de suas casas”. lares – o potencial da família humana para criar uma paz,

5. Sojourner Truth, ‘Não é uma mulher’ (1851)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/Sojourner-Truth-1.jpg

sojourner truth

Verdade Sojourner

Tenho tanto músculo quanto qualquer homem e posso fazer tanto trabalho quanto qualquer homem. Arado, segurei, cortei e cortei, e qualquer homem pode fazer mais do que isso? Chamada Isabella Baumfree ,
diz muito sobre Sojourner que ela se chamava Verdade e fez este que é um dos discursos mais poderosos na história. Ela falou isso. Um afro-americano abolicionista e ativista dos direitos das mulheres, Truth nasceu em escravidão em Nova York, vendida em leilão com um rebanho de ovelhas por US $ 100 em 1806, escapando com sua filhinha em 1826. Ela corajosamente ganhou seu filho de volta através dos tribunais e foi a primeira mulher negra a ganhar um processo contra um homem branco. Na Ohio Rights Rights Convention, em Ohio, ela sensacionalmente atacou o coração da desigualdade de gênero, perguntando: “E como Jesus veio ao mundo? Através de Deus que criou ele e a mulher que o gerou. Cara, onde foi a sua parte?

6. Nora Ephron, ‘Discurso de Início para a Classe Wellesley de 1996’ (1996)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/Nora-Ephron-L-1.jpg

nora ephron

Nora Ephron

Seja qual for a sua escolha, não importa quantas estradas você viaje, espero que você escolha não ser uma dama. Espero que você encontre uma maneira de quebrar as regras e causar um pequeno problema lá fora. E também espero que você escolha fazer alguns desses problemas em nome das mulheres.

Quando Nora Ephron morreu tragicamente em 2012, das muitas contribuições importantes que ela fez para a página em branco, foi o seu endereço de formatura para o seu antigo colégio em meados dos anos noventa que se tornou o mais amplamente compartilhado. Não é difícil entender o porquê. O endereço de Nora para essas jovens é o último guia “como fazer” para as mulheres, escrito com beleza, percepção, humor e urgência, como Nora só sabia. Destacando o quão longe as mulheres tinham chegado (‘Se você precisasse de um aborto, você dirigiu para um posto de gasolina em Union, New Jersey com $ 500 em dinheiro em um envelope e você foi levado, vendado, para um quarto de motel e operado sem anestesia) Nora também cravou seu discurso com palavras de cautela: “Entenda: todo ataque a Hillary Clinton por não conhecer o lugar dela é um ataque a você”, protestou. Quando Elizabeth Dole finge que não está falando sério sobre sua carreira, isso é um ataque a você. A absolvição de OJ Simpson é um ataque contra você. Suas palavras ainda ecoam hoje e uma frase soa eternamente verdadeira: “Acima de tudo, seja a heroína de sua vida, não a vítima”.

7. Aung San Suu Kyi, “Liberdade do Medo” (1990)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/Aung-San-Suu-Kyi-9-1.jpg

liberdade

Aung San Suu Kyi

“O destemor pode ser uma dádiva, mas talvez mais preciosa seja a coragem adquirida pelo esforço, coragem que vem do cultivo do hábito de recusar deixar o medo ditar as ações, coragem que poderia ser descrita como ‘graça sob pressão’ – graça renovada repetidamente. diante de pressões duras e constantes.

A “mulher do destino” da Birmânia inspirou milhões durante sua vida de ativismo político e cativeiro, sendo um dos discursos mais poderosos, realizada em prisão domiciliar durante 15 dos últimos 21 anos na Birmânia. Recebendo o Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento em 1990, este discurso agora famoso seguido em aceitação apela à espiritualidade da natureza humana: é a bravura, compaixão e convicção.

8. Gloria Steinem, ‘Endereço para as Mulheres da América’ (1971)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/Gloria-Steinem-4-1.jpg

discursos inspiradores de mulheres

Gloria Steinem

‘Esta não é uma reforma simples. É realmente uma revolução. Sexo e raça, porque são diferenças fáceis e visíveis, têm sido as principais formas de organizar os seres humanos em grupos superiores e inferiores, e no trabalho barato do qual esse sistema ainda depende. Estamos falando de uma sociedade em que não haverá papéis além daqueles escolhidos ou dos ganhos. Estamos realmente falando sobre humanismo. Em 1971, um ano antes de ser co-fundadora da revista feminista Ms, na fundação do Caucus Político Nacional das Mulheres, Gloria Steinem fez um discurso às Mulheres da América .
Logo seria considerado como um dos discursos mais memoráveis da era feminista da segunda onda. O que tornou seu discurso tão poderoso não foi apenas seu ataque ao sexismo, mas seu foco nas questões intersetoriais do racismo e da classe.

9. Julia Gillard, “O discurso da misoginia” (2012)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/Julia-Gillard-1.jpg

discursos inspiradores de mulheres

Julia Gillard

‘Bom senso, bom senso, processo adequado é o que deve governar este Parlamento. É o que acredito ser o caminho a seguir para este Parlamento, não o tipo de duplo padrão e de jogo político imposto pelo Líder da Oposição, agora a olhar para o relógio, porque aparentemente uma mulher falou por tempo demasiado.

Havia apenas uma palavra em nossos lábios quando ouvimos pela primeira vez o espetacular golpe de Tony Abbott, de Gillard, alguns anos atrás: SIM! Suas palavras iradas deram um golpe pela misoginia em todo o mundo e o próprio discurso se tornou viral em todo o mundo. Foi rapidamente apelidado de “O discurso da misoginia” e por uma boa razão: “Não serei lecionado sobre o sexismo e a misoginia com esse homem”, disparou ela. Em apenas uma semana, um upload do YouTube para esse discurso já contava com um milhão de visualizações, sendo um dos discursos mais poderosos de todos os tempos.

10. Maya Angelou, “No pulso da manhã” (1993)

image: http://ksassets.timeincuk.net/wp/uploads/sites/46/2015/06/Maya-black-and-white-1.jpg

discursos inspiradores de mulheres

Maya Angelou

Volume 0%00:0401:35 

‘Aqui no pulso deste novo dia 
Você pode ter a graça de olhar para cima e para fora 
E nos olhos da sua irmã, 
No rosto do seu irmão, no seu país 
E diga simplesmente 
Muito simplesmente 
Com esperança 
Bom dia’ 
Maya Angelou foi apenas o segundo poeta da história a ler um poema em uma posse presidencial, e o primeiro afro-americano e mulher. Tocando nos temas de mudança, inclusão e responsabilidade, ele já foi chamado de “poema autobiográfico” de Angelou.

Fonte: Canal do Idoso

Conheça a profissão: Engenheiro Eletricista

24/11/2017

O Engenheiro Eletricista é um profissional de grau superior que se dedica ao planejamento, construção e manutenção de sistemas para gerar, transmitir e distribuir energia elétrica.

Usinas, subestações, linhas de transmissão, telecomunicações, construtoras, indústrias que utilizam ou fabricam sistemas elétricos e de automação são alguns exemplos de empresas que utilizam os serviços desse profissional. Outros setores, como financeiro e informática, também são opções de carreira para quem faz Engenharia Elétrica, devido à facilidade com as ciências exatas.

A Engenharia Elétrica, assim como as demais engenharias, é uma carreira em alta no País.

Salário Mínimo Profissional do Engenheiro Eletricista

De acordo a Lei 4.950-A/66, de 1966, que regulamenta a remuneração dos profissionais diplomados em Engenharia, Química, Arquitetura, Agronomia e Veterinária, a tabela salarial do Engenheiro Elétrico está vinculada ao valor do salário mínimo vigente e à jornada diária do profissional, independentemente do seu local de atuação.

Jornada de 6 horas: 6 salários mínimos

Jornada de 7 horas: 7,25 salários mínimos

Jornada de 8 horas: 8,5 salários mínimos

 

Média Salarial do Engenheiro Eletricista

A Engenharia Elétrica está entre as profissões mais bem pagas do Brasil, com salários iniciais acima dos R$ 4.000,00.

Seguem algumas médias salariais nacionais de engenheiros eletricistas divulgados na pesquisa salarial do site de empregos Catho:

Trainee em Engenharia Elétrica: R$ 3.688,61

Analista de Engenharia: 3.270,74

Coordenador de Engenharia: R$ 8.160,53

Já a Tabela Salarial da consultoria Robert Half, publicada na revista Exame, leva em consideração o tempo de experiência do profissional e o porte da empresa onde atua. Nos setores de Óleo e Gás, Engenharia e Tecnologia da Informação (TI), que costumam contratar engenheiros elétricos para diferentes funções, temos as seguintes faixas salariais para profissionais com 6 a 9 anos de experiência, em empresas de grande porte:

Engenharia:

Gerente de Produção: R$ 9.000,00 a R$22.000,00

Diretor de Supply Chain: R$ 24.000,00 a R$ 40.000,00

Diretor de Operações/Industrial: R$ 25.000,00 a R$ 40.000,00

Óleo e Gás:

Engenheiro de Serviços: R$ 11.000,00 a 15.000,00

Gerente de Operações: R$ 26.000,00 a R$ 32.000,00

Gerente de Engenharia: R$ 22.500,00 a R$ 27.000,00

TI:

Diretor de TI/ CIO: R$ 26.500,00 a R$ 40.000

Gerente de Infraestrutura/Telecom: R$ 17.000,00 a R$ 26.000,00

Gerente de Serviços/ Operações: R$ 15.500,00 R$ 23.000,00

 

Sobre a carreira de Engenharia Elétrica

A profissão de engenheiro é regulamentada no Brasil desde 1933. Para exercê-la, é necessário fazer o curso superior de Engenharia, com duração média de cinco anos, e obter registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA).

É difícil pensar em uma indústria que, nos dias de hoje, não necessite de eletricidade para operar. Praticamente todo produto manufaturado, desde a indústria agropecuária até a alta tecnologia, como satélites e aeronaves, depende da energia elétrica e, consequentemente, de engenheiros eletricistas capazes de desenvolver sistemas variados. Entre eles, podemos citar:

Sistemas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica

Sistemas de controle e automação

Sistemas de instrumentação

Sistemas eletrônicos analógicos e digitais

O profissional da Engenharia Elétrica pode atuar em órgãos governamentais (como agências reguladoras, ministérios, secretarias e instituições municipais, estaduais e federais), como docente e pesquisador em universidades e também na iniciativa privada. Telecomunicações, telefonia, construção civil, manutenção industrial, tecnologia da informação (TI), minas e indústria petrolífera são alguns dos setores que empregam engenheiros elétricos ou engenheiros eletricistas.

O mercado para o engenheiro elétrico ou engenheiro eletricista é promissor no país. Grandes obras de infraestrutura, investimentos no setor de energia renovável, a expansão industrial e das telecomunicações são alguns dos fatores que têm influenciado na demanda crescente por bons profissionais da engenharia elétrica que, dependendo do cargo, podem chegar a receber salários de mais de R$ 40.000,00.

Apesar de formar cerca de 38 mil engenheiros por ano, ainda se fala em escassez de mão-de-obra qualificada em Engenharia para atender as necessidades do mercado. De acordo com pesquisa da Federação Nacional dos Engenheiros, até 2015 o Brasil vai precisar de mais 300 mil engenheiros.

 

Onde estudar Engenharia Elétrica

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Engenharia Elétrica:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

 

Fonte: http://www.guiadacarreira.com.br

Conheça a profissão: Esteticista

20/11/2017

Esteticista é o profissional responsável pela realização de procedimentos corporais que visam à saúde e bem estar da clientela.  Ele pode fazer limpeza de pele, massagens, maquiagem, depilação, aplicação de cosméticos e tratamentos capilares, entre outros.

O setor de estética no Brasil é praticamente imune a crises.  Em tempos de fartura ou de escassez, a busca por beleza e bem estar é constante entre homens e mulheres. Tanto que o país é hoje o terceiro maior mercado do mundo no segmento!

Com o mercado aquecido, aumenta o número de vagas de emprego para profissionais qualificados e os salários para esteticistas tendem a aumentar.

Veja quando ganha um esteticista no Brasil e onde estão as melhores oportunidades para os profissionais da área!

Salário Mínimo Profissional do Esteticista

Os esteticistas não possuem um salário mínimo profissional único em todo o Brasil. O piso salarial do esteticista é definido de acordo com a região e campo de atuação e os valores são estipulados em convenções dos Sindicatos de Esteticistas de cada Estado.

A tabela do Sindicato dos Empregadores em Empresas e Autônomos em Estética e Cosmetologia do Estado de São Paulo (Sindestética), por exemplo, apresenta os seguintes valores:

Tecnóloga(o) em estética: R$ 1.045

Esteticista: R$ 950

Auxiliar de estética: R$ 855

Massoterapeuta: R$ 950

Depilador(a): R$ 950

Gerente: R$ 1.182

Demais empregados: R$ 812

Em outros mercados, os valores são os seguintes:

Rio de Janeiro: R$ 906 para esteticistas, maquiadores e depiladores.

Bahia: R$ 952 para esteticista, maquiador e cabeleireiro.

Curitiba: R$ 1.716 para tecnólogos e R$ 1.148 para cabeleireiros e esteticistas.

Salário Médio de um Esteticista

Embora seja uma carreira em ascensão, o salário do esteticista no Brasil ainda é baixo se considerarmos o potencial e o volume desse mercado.

No país, a média salarial de um esteticista é de R$ 1.041, de acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho.

Os salários variam, em média, de R$ 788 a R$ 1.750.  As oportunidades mais bem remuneradas estão em setores ligados à saúde:

Clínicas de estética ligadas à saúde: média de R$ 1.032

Salões e academias: média de R$ 1.005.

Para quem tem curso superior na área, as possibilidades de ganho mensais são maiores, com valores que se aproximam dos R$ 2.500.

Melhores Oportunidades para Esteticistas

As melhores oportunidades de remuneração para o esteticista estão no trabalho autônomo, atividade na qual os ganhos podem facilmente chegar a R$ 3.500 e, por vezes, superar os R$ 10.000.

Para chegar a esse patamar, o caminho mais seguro é apostar em muito estudo, dedicação e, principalmente, espírito de liderança  para seguir adiante com o negócio.

Concurso Público para Esteticistas

Os concursos públicos para o esteticista são oferecidos em grande maioria por prefeituras e órgãos municipais, com salários entre R$ 500 e R$ 1.000 e jornadas de trabalho entre 20 e 40 horas semanais.

A maioria das vagas exige o ensino fundamental ou médio. Veja alguns exemplos:

Prefeitura de Poços e Caldas (MG): R$ 580.

Prefeitura de Taubaté (SP): R$ 1.045.

Prefeitura do Recife (PE): R$ 1.070.

Prefeitura de Ipaba (MG): R$ 600.

O Mercado de Trabalho para Esteticista

O mercado de trabalho para esteticistas está aquecido e há boas oportunidades de empregos tanto em setores tradicionais (salões e clínicas) como em atividades emergentes, como SPAs, resorts, hospitais e cruzeiros.

No entanto, a necessidade de alta qualificação faz com que ainda falte mão de obra para trabalhar em alguns segmentos, como o de turismo e o de alto luxo.

O mercado para professor de estética também está em alta. O aumento da oferta de cursos de formação técnica e superior, em todas as regiões do Brasil, fez crescer a procura por docentes com experiência na área.

O diploma de curso superior é necessário apenas para profissionais que executam  procedimentos estéticos mais complexos, como a dermatologia estética ou fisioterapeutas estéticos.

Como se Tornar um Esteticista

O caminho mais seguro para se tornar um bom esteticista é fazer um curso técnico ou superior na área.

O interessado na carreira pode optar por um bacharelado, com quatro anos  de duração, ou um curso tecnológico, com duração média de dois anos. As duas graduações existem nas modalidades presencial e a distância.

A diferença entre os dois cursos é que o bacharelado possui um enfoque mais aprofundado em disciplinas, especialmente as que envolvem gestão de pessoas e empreendimentos.

Existe apenas uma faculdade pública que oferece a formação na área, a Universidade Estadual de Goiás (UEG), com o curso de Tecnologia em Estética e Cosmética.  A maioria das instituições de ensino que oferecem curso superior em Estética são privadas.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos na área de Estética:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Universidade Cde Franca (UNIFRAN)

Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

 

Fonte: http://www.guiadacarreira.com.br

Conheça a profissão: Biomédico

20/11/2017

O biomédico é o profissional que destrincha doenças, ao identificar e estudar micro-organismos. É ele quem prepara o terreno para o tratamento de enfermidades ao abastecer médicos com informações sobre bactérias e fungos que causam patologias.

O curso de Biomedicina é puxado, mas não é um bicho de sete cabeças. A graduação dura, em média, quatro anos. No começo da faculdade, você vai ter aulas teóricas de, por exemplo, bioquímica e fisiologia. Mais à frente, práticas em laboratórios são realizadas.

Se você tem medo de experimentar o cotidiano de um bioquímico, um aviso: o estágio supervisionado é obrigado. A monografia para conclusão de curso também. O trabalho final te ajuda a escolher qual área você quer explorar profissionalmente.

>> Saiba mais sobre o curso e a carreira de Biomedicina:

O mercado de trabalho para este profissional é quase infinito (veja abaixo lista de campos de atuação). Você pode trabalhar em laboratórios, clínicas e hospitais, realizando análises clínicas ou diagnósticas por imagem.

O salário inicial do biomédico, segundo pesquisa do Data Folha, está entre 5 e 7 salários mínimos. Em 2015, o valor está entre R$ 3.940,00 e R$ 8.688,00. Interessante, não é?

>> Campos de atuação:

Análise Ambiental – Fazer análises físico-químicas e microbiológicas para saneamento do meio ambiente, inclusive de água e esgoto.

Análises Bromatológicas – Estudar as propriedades dos alimentos, composição química e calórica, desde a produção, passando pela coleta e pelo transporte, de modo a garantir que não haja adulteração.

Análises Clínicas – Realizar exames clínicos em laboratórios e hospitais, assinando os respectivos laudos, para identificar agentes causadores de doenças.

Anatomia – Estudar a estrutura e a forma dos organismos.

Biofísica – Investigar os processos fisiológicos dos seres vivos, utilizando conceitos da física.

Biologia Molecular – Pesquisar a estrutura e o funcionamento das moléculas de DNA e RNA, das proteínas e dos genes responsáveis pela transmissão dos caracteres hereditários. Atuar nos processos de fertilização para reprodução animal e humano.

Bioquímica – Analisar o metabolismo dos animais e vegetais, verificando a composição química deles.

Biotecnologia – Manipular substâncias e microrganismos para a industrialização de alimentos ou fabricação de medicamentos e cosméticos, entre outros produtos.

Citologia – Estudar a estrutura, a composição e as funções das células.

Diagnóstico por Imagem – Realizar exames que possibilitem diagnóstico por imagens, como ressonância magnética e tomografa computadorizada.

Docência e Pesquisa – Orientar projetos de pesquisa e ministrar aulas teóricas e práticas.

Embriologia – Estudar a formação dos tecidos e órgãos animais, inclusive humanos.

Farmacologia – Estudar as propriedades físicas e químicas, os efeitos bioquímicos e fisiológicos e os usos terapêuticos dos fármacos.

Genética – Pesquisar as leis e os processos de transmissão de caracteres hereditários e o papel dos genes na definição das características de um ser.

Histologia – Examinar tecidos e órgãos de animais e plantas.

Imunologia – Investigar o sistema de defesa do organismo humano para a produção de vacinas e medicamentos.

Microbiologia – Estudar microrganismos, como bactérias, vírus e fungos.

Parasitologia – Analisar os organismos animais e vegetais que sobrevivem à custa de outros.

Patologia – Estudar, diagnosticar e tratar doenças.

Psicobiologia – Estudar as relações entre o sistema nervoso e o comportamento humano.

Sanitarista – Atuar em órgãos de vigilância sanitária.

Toxicologia – Analisar efeitos adversos de substâncias que possam ser tóxicas, como cosméticos, medicamentos, veneno de insetos etc.

Fonte: https://guiadoestudante.abril.com.br