Visualizar Artigo

Emprego de Recepcionista - O que faz uma recepcionista e quanto ganha

Domingo, 12 Abril 2020
Artigo
Tamanho da Fonte

Você deseja um emprego de recepcionista? Se disse sim, com toda certeza irá gostar muito deste post, pois vamos falar desta profissão que sempre esteve em alta e emprega milhares de pessoas em todo país.

Onde trabalhar de Recepcionista?

Recepcionista Hospitalar: em um emprego de recepcionista como recepcionista hospitalar, você irá atender os pacientes que chegam ao hospital, dar os encaminhamentos dentro de procedimentos já estabelecidos pelo hospital, verificar sobre o plano de saúde que irá ser acionado ou se pelo SUS e demais atividades.

A(o) Recepcionista Hospitalar também irá receber as pessoas que irão visitar os pacientes, entregar crachás, controlar pelo sistema as entradas e saídas, assim como responder algumas questões de funcionamentos do hospital, consultas, marcações e demais atividades.

 

Recepcionista em Bancos: a recepcionista de bancos, geralmente cuida de atendimentos quanto ao funcionamento de máquinas, caso seja na sede, atendimento formal sobre diversos procedimentos do banco.

Recepcionista em Aeroportos: em aeroportos, uma recepcionista geralmente trabalha no balcão de informações, como a localização das empresas aéreas, locais de check-in e demais informações que os milhares de passageiros solicitam.

Recepcionista em Feiras: em feiras é muito comum termos os balcões de crachás e também de informações, onde teremos funções semelhantes sobre localizações e horárias das feiras, além das palestras que serão ministradas.

 

Recepcionista de Consultório: trabalhar de recepcionista em consultório é muito semelhante da recepcionista hospitalar, com uma pequena diferença que o foco será mais em consultas, marcações e agendamentos com os pacientes.

No geral, o emprego de recepcionista é muito comum e tem vagas em diversas áreas de atuação e, para cada uma delas, é preciso entender um pouco seu funcionamento, o que deve ocorrer com treinamento interno na empresa, isso é o mais comum realmente de acontecer.

 

 

Quanto ganha uma recepcionista?

O salário de uma recepcionista varia um pouco no mercado, mas em média, tem sido muito regular, sem grandes variações.

Um Recepcionista em Geral ganha em média R$ 1.329,66 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais de acordo com pesquisa do Salario.com.br junto a dados oficiais do CAGED no período de 05/2019 até 12/2019 com um total de 297.302 salários.

faixa salarial do emprego de Recepcionista em Geral CBO 4221-05 fica entre R$ 1.213,57 (média do piso salarial 2020 de acordos, convenções coletivas e dissídios), R$ 1.253,00 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 2.322,21, levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT de todo o Brasil.

Fonte: Salário

Existe curso de recepcionista?

Sim, é um grande diferencial ter um curso para conseguir um emprego de recepcionista.

Existem vários cursos de recepcionistas no mercado, onde se aprende sobre postura, sobre linguagem de português adequada (isso tem sido fundamental para o mercado), vestimenta adequada para o trabalho, entonação de voz e outras orientações fundamentais para o mercado de trabalho.

Existem cursos presenciais ou cursos EAD, sendo que em EAD tem toda a facilidade de ter um curso com certificado e que possa fazer dentro do seu horário disponível.

Além disso, os cursos EAD geralmente oferecem uma garantia de devolução quanto à qualidade do curso ou receberá seu dinheiro de volta.

Um exemplo de curso muito bom e com esta garantia, que é UMA RECEPCIONISTA DE SUCESSO

O curso indicado para quem deseja um emprego de recepcionista, tem:

  • Certificado válido
  • Você fará o seu horário
  • Um valor muito acessível de apenas R$ 69,00

 

 

Deveres e Responsabilidades no Emprego de Recepcionista

No emprego de Recepcionista, é importante saber que realizam diversas tarefas administrativas e de escritório:

  • Atender chamadas telefônicas: isso pode envolver receber mensagens ou direcionar chamadas para o pessoal apropriado e até responder diretamente a perguntas gerais de clientes, clientes e outras pessoas.
  • Agendar clientes e clientes: a maioria das recepcionistas é responsável por agendar clientes e clientes para se encontrarem com pessoal, ou agendará pessoal para tarefas externas, como participações em tribunais e reuniões.
  • Receber visitantes: Um recepcionista pode ser capaz de lidar com as necessidades de um cliente, mas geralmente o direciona para o pessoal ou local apropriado.
  • Coletar informações: ao entrar num emprego de recepcionista, isso é mais comum do que se imagina, especialmente para quem trabalha em instalações médicas. Eles podem ser responsáveis ​​por coletar informações pessoais de novos pacientes e confirmar a cobertura do seguro.
  • Responder a e-mails recebidos: isso inclui e-mail e correio em papel, normalmente direcionando cada um para o pessoal adequado.

 

Habilidades e competências no emprego de recepcionista

As habilidades necessárias para um emprego de recepcionista podem variar de acordo com o setor, mas algumas são comuns à maioria das empresas.

  • Profissionalismo: você é a primeira pessoa que um cliente ou outro visitante vê ao chegar. Você é a primeira impressão do seu empregador. Você deve incorporar os ideais da sua empresa, tanto no seu comportamento quanto na sua aparência.
  • Habilidades de comunicação : Seu trabalho principal é cumprimentar as pessoas. Descubra o que eles precisam e ajude-os a conseguir. A maior parte dessa comunicação será verbal, pessoalmente ou por telefone.
  • Habilidades interpessoais: ao conseguir um emprego de recepcionista, você trabalhará em estreita colaboração com várias pessoas. Se uma reunião importante ocorrer, talvez você precise explicar o porquê. Se alguém está tendo um dia ruim, você pode suportar o peso e responder adequadamente pode ser crítico.
  • Nervos de aço: se uma emergência se desenvolver dentro ou na frente do seu local de negócios, você pode ser a primeira pessoa a responder e decidir o que fazer.
  • Habilidades tecnológicas: você usará um sistema telefônico complexo, provavelmente um com várias linhas internas e externas que você deve manter operando sem problemas. Talvez você também esteja familiarizado com planilhas, software de processamento de texto, sistemas de e-mail e compartilhamento de arquivos da sua empresa e, possivelmente, várias plataformas de mídia social .
  • Organização: você será o nexo de uma grande parte da comunicação interna de seu empregador, para que você não apenas tenha que se manter organizado, mas também que todos os outros estejam organizados. Você também pode ser responsável por estocar e endireitar materiais de leitura ou recursos informativos na sua área de espera.
  • Capacidade de multitarefa: uma ligação inevitavelmente será recebida enquanto você estiver na linha com outra pessoa. Você terá que cumprimentar o novo chamador e depois voltar. Enquanto isso, três pessoas podem estar esperando pessoalmente para conversar com você. Você terá que manter as necessidades de cada pessoa separadas em sua mente, não negligenciar ninguém e não ficar sobrecarregado ou frustrado.

Fontes: SalarioBC

Gostou? Compartilhe este artigo!

 Comentários
 Artigos em Destaques
  • Quarta, 31 Julho 2019

    Celebramos os discursos mais poderosos proferidos por grandes mulheres que nos inspiraram ao longo dos anos – e mudamos nosso mundo para melhor.

  • Quinta, 18 Agosto 2016

    Você é daquelas pessoas que senta no computador determinado a terminar (ou começar) aquele relatório importante para seu chefe e depois de cinco minutos já está indo checar o Facebook ou o email? Se identificou com o perfil? Veja como combater isso.

  • Quinta, 21 Julho 2016

    Pensando no velho e no novo. Dentre tantos artigos que escrevo, talvez este tenha sido o único que me fez pensar muito no velho e no novo, até mesmo no escritório da Educar e Transformar, no porquê nos comportamos de forma tão entranha no mercado de trabalho, diferente muitas vezes do nosso comportamento na vida particular, inclusive diferente de tudo que pregamos como RH, gestores e como seres humanos, infelizmente.

  • Segunda, 19 Janeiro 2015

    Você está procurando emprego? E enquanto faz isto, fica postando em redes sociais? Muito cuidado: uma coisa pode atrapalhar a outra. As redes sociais tem sido usadas para obter percepções sobre quem você é fora da sala de entrevistas, e dependendo do tipo de postagem que você faz, isto pode significar sua exclusão do processo seletivo.