Visualizar Artigo

A necessidade de empatia para se ter visão estratégica

Quinta, 21 Julho 2016
Artigo
Tânia Michelena
Tamanho da Fonte

Olá, tudo bem contigo?

 

Muitas pessoas sonham em ser estratégicas nas empresas, nos cargos que ocupam e até na vida, mas o que realmente significa ser estratégico, o que está por trás da competência estratégia?

Se olharmos a definição da palavra é: um conjunto de manobras, ter um plano,é o planejamento necessário a tarefas complexas...

Mas na ação vamos pensar além, ser estratégico requer empatia? na minha opinião sim! Porque? porque se eu conseguir pensar que a minha ação terá uma consequência mais a frente em varios níveis  bons ou ruins, atingindo pessoas estarei sendo estratégico, pensamento estratégico requer empatia (faculdade de compreender emocionalmente um objeto ou pessoa) , pois se eu conseguir pensar a frente me colocando no lugar dos outros ou de alguma situação eu estarei sendo estratégico, por isso ouso dizer que pessoas muito técnicas e que desenvolveram pouco no decorrer de suas vidas o contato com suas emoções ou por algum motivo foram criadas por pessoas mais rígidas terão mais dificuldade em terem uma visão estratégica. Dificilmente se consegue ser estratégico sem se colocar no lugar do outro!

Entretanto estratégia se desenvolve, felizmente, o primeiro passo é se dando conta que se na empresa eu estou em um cargo que me exige estratégia eu preciso desenvolver essa faceta, preciso me conectar mais com as pessoas, treinar esse hábito, MUDAR, essa simples palavra que sabemos não é nada fácil.

Mudar requer abertura que também é mais desafiador para pessoas mais técnicas, mas as pessoas mais técnicas são as que justamente terão que investir nisso, pois senão alguém mais estratégico vai ocupar o lugar dela na empresa ou em algum momento a vida a pedirá mais estratégia. 

Estratégia tem  a ver também com lidar com o inesperado esperado, estar preparado....

Estratégia também para atender a nova geração de millennials

Dessa forma investir em você mesmo buscando saber como você reage em situações sob pressão, como é o seu perfil profissional,quais as dificuldades recorrentes que aparecem em seus desafios diários é fundamental para saber se você quer ou não, precisa ou nao ser estrategico.

Sempre digo nos meus atendimentos que não existe perfil bom ou ruim, existe um perfil que pode ou não estar sendo bom ou ruim no momento que aquela pessoa está , no que ela esta buscando,. somos seres em eterno ajuste e mudança.

Sempre o norte será o sentimento, esse que diz se as coisas estão boas ou ruins. Ouvindo eles, já é meio caminho andado!

Gostou? Compartilhe este artigo!

 Comentários
 Artigos em Destaques
  • Quarta, 31 Julho 2019

    Celebramos os discursos mais poderosos proferidos por grandes mulheres que nos inspiraram ao longo dos anos – e mudamos nosso mundo para melhor.

  • Quinta, 18 Agosto 2016

    Você é daquelas pessoas que senta no computador determinado a terminar (ou começar) aquele relatório importante para seu chefe e depois de cinco minutos já está indo checar o Facebook ou o email? Se identificou com o perfil? Veja como combater isso.

  • Quinta, 21 Julho 2016

    Pensando no velho e no novo. Dentre tantos artigos que escrevo, talvez este tenha sido o único que me fez pensar muito no velho e no novo, até mesmo no escritório da Educar e Transformar, no porquê nos comportamos de forma tão entranha no mercado de trabalho, diferente muitas vezes do nosso comportamento na vida particular, inclusive diferente de tudo que pregamos como RH, gestores e como seres humanos, infelizmente.

  • Segunda, 19 Janeiro 2015

    Você está procurando emprego? E enquanto faz isto, fica postando em redes sociais? Muito cuidado: uma coisa pode atrapalhar a outra. As redes sociais tem sido usadas para obter percepções sobre quem você é fora da sala de entrevistas, e dependendo do tipo de postagem que você faz, isto pode significar sua exclusão do processo seletivo.